O livro DEPOIS DO 45 - NA PRORROGAÇÃO, conta a história do autor, Judson Barros, que se tornou Delegado da Polícia Civil do Acre aos 55 anos de idade. Aos 45 anos foi estudar Direito, entrando de imediato no mundo competitivo do concurso público. No início da jornada foi reprovado em muitos concursos, mas obteve sucesso ainda na Faculdade, sendo aprovado para os seguintes cargos: analista do INSS, analista da Defensoria Pública da União , analista do Tribunal de Justiça do Piauí, analista do Tribunal de Justiça do Maranhão, analista do TRF 1ª Região, técnico do TRF 1ª Região, Cartório do Maranhão. Depois que concluiu o curso de Direito conseguiu aprovação dos seguinte concursos: analista do Ministério Público do Estado do Amapá, professor efetivo de Direito Ambiental da Universidade Federal do Amapá; delegado da Polícia Civil do Acre e delegado da Polícia Civil do Piauí. Antes de iniciar o curso de Direito o autor foi empregado, por meio de concurso público, da Secretaria de Fazenda do Estado do Piauí, bancário da Caixa Econômica, professor de Fisiologia e Treinamento Desportivo no curso de Educação Física da Universidade Estadual do Piauí, professor de Educação Física da rede pública do Estado do Piauí e da Prefeitura Municipal de Teresina. Teve seu primeiro emprego aos 14 anos como menor aprendiz do Banco do Brasil.

Você também pode, só depende de você!